discovering.com.br  ◊ Quem SomosDiario de BordoFotosMeu livroTênis Contato

Diário de Bordo: 27/10/2011
Deserto da Namíbia,
Dunas Vermelhas de Sossusvlei

Desde que chegamos à capital da Namíbia, Windhoek, nos acompanha um calor escaldante e a aridez. Ainda bem que é seco e nós uruguaianenses tiramos de letra.

Nossa principal meta no país é tentar escalar e fotografar o amanhecer nas Dunas Vermelhas de Sossusvlei, considerada uma das mais altas do mundo (algumas com mais de 300 metros). Nossa aventura por essa terra inóspita, mas de um povo afável, será em uma Toyota, com direito a cozinheiro e acampamento básico em campings (internet, piscina e bar-restaurante). Nossa ossamenta já esta se acostumando a tanta judiação, mas se estamos fazendo o que gostamos, vamos em frente e, ademais, a Namíbia é um dos mais caros destinos africanos.

Nosso chofer e cozinheiro Emanuel nos fez passar maus momentos: estouramos um pneu e tínhamos somente um reposto (viajando em estrada de pedras soltas – rípio dos argentinos); ficamos sem gasolina, ainda bem que faltavam só sete quilômetros para o Camping de Solitaire e a velocidade não baixava de 120-110.

Nesse exato momento estamos no bar do camping, ao lado da piscina e dentro de algumas horas o Emanuel organizará a mesa, cadeiras e preparará uma salada e pasta com galinha.

Amanhã voltaremos para Windhoek e pernoitaremos no alegre e convidativo Cardbox Backpackers. Já deixamos pago e pedi para prepararem uma lasanha que degustaremos na beira da piscina com mochileiros do mundo inteiro.

Até Botswana. Tchau!


Favela de Katatura, Windhoek – jovem posando com o boné do Inter

Crianças da favela recebendo material do InterAgir

A grande favela de Katatura – gueto de negros durante o Apartheid

A gerente do Cardbox Backpackers recebendo um boné do Inter

Compartilhando com jovens do mundo inteiro um jazz no bar do Cardbox

No primeiro dia no Deserto da Namíbia, nosso pneu estourou e fomos ajudados por duas suíças aventureiras

No segundo dia, ficamos sem gasolina e – novamente – fomos socorridos pelas nossas amigas suíças

Nosso Café da Praça, no Deserto Namíbio

O ”Solitaire Country Lodge”, de onde estamos enviando esta postagem

Jantando no Dudu – no Restaurante da Praça – no dia do Barbecue

Benhur lendo Filosofia

As dunas vermelhas de Sossusvlei

Turistas no alto da famosa Duna 45

Turistas subindo as dunas para apreciar a manhã no deserto vermelho

A aridez do Deserto Namíbio

Na paisagem inóspita do Vale da Morte

No comments

Deixe um comentário